Como criar uma rotina de sono para você e seu bebê

Uma boa noite de sono faz toda a diferença, não é mesmo? E ninguém sabe melhor melhor disso que as mamães de recém nascidos que têm perdido suas horas de sono cuidado do baby!

Tem aquelas horas que parece que nunca mais vamos dormir direito, mas estamos aqui para dizer: calma! Isso é uma fase e você pode melhorar muito sabendo como criar uma rotina para vocês dois.

Ficou curiosa? Olha só as dicas que o blog Vilma Mirian preparou para você e o seu pacotinho de amor! Prepare a naninha e vamos lá:

Como funciona o sono dos bebês

De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), o sono dos fofuxos é do tipo polifásico, ou seja, acontece em muitas fases ou episódios mais curtos de sono.

Cada bebê tem um ritmo diferente: alguns são mais dorminhocos e outros não, mas, no geral, o recém nascido dorme até 20 horas por dia. Isso acontece porque eles precisam guardar muita energia para seu desenvolvimento.

Até o quarto mês, o bebê passa por uma fase muito delicada de adaptação e ainda mantém aquela relação de dependência completa com você, mamãe. Por isso, o mais fácil é para os pequenos pegarem no sono enquanto mamam ou estão em contato com a mamãe.

Você e ele(a) criam um elo precioso, mas o bebê também precisa ir criando autonomia aos poucos, okay? Afinal, isso é importante para os dois!

Como criar a rotina de sono adequada

Criando uma rotina de sono do bebê

Durante o dia é mais fácil estar sempre de olho e curtindo o pequeno dar seus cochilos entre um mamá e outro, mas à noite a coisa muda um pouco, não é?

O choro noturno acaba por prejudicar o descanso de todos na casa e não existe jeito fácil de lidar. Sobre esse assunto, todo mundo tem uma maneira de lidar, mas, afinal, como melhorar o sono do bebê e garantir uma noite tranquila ao máximo?

Uma coisa é certa: o hábito é um grande guia. Aos poucos vocês vão se adaptando e isso vai facilitar muito a vida de vocês. Sem delongas, vamos às dicas:

Crie uma rotina

Isso costuma funcionar em qualquer idade da vida, mas, no caso do bebê, requer um bom treino – aquilo que especialistas chamam de “treino do sono”.

Faça o seguinte: prepare seu bebê para dormir todos os dias em horas parecidas. Faça uma boa higiene do sono: lave o corpinho em água morna, deixe ele mamar bem e, desde antes da hora marcada para ele dormir já é bom ir diminuindo a luz do quarto. Tenha uma luz mais amarelada ou um abajur bem suave no ambiente.

Qualidade é mais importante que quantidade

Nem sempre dormir muito é dormir bem. Como o bebê é muito sensível ao ambiente, é importante você cuidar da qualidade do colchãozinho, deixar ele limpinho e bem alimentado antes de dormir, sempre na posição correta, com a barriga para cima.

Tire todas as luzes azuis do ambiente, como telas de celular ou TV e também deixe o quarto um pouco mais fresquinho. A pouca iluminação e o frescor são ótimos para produzir a melatonina (hormônio do sono) no bebê.

Cuidado com as “muletas de dormir”

Amamentando bebê

Os bebês gostam de dormir no colo ou mamando, o que é natural e saudável, mas com o tempo os pequenos precisam de autonomia, senão vão ficar dependentes e irritados quando não tiverem atenção da mamãe para dormir.

Imagine só: se o bebê sempre dorme mamando, quando ele acordar do cochilo, a primeira coisa que vai querer é mamar. Mesmo que nem seja para comer, mas pelo conforto. E a falta do peito vai deixar ele mais irritado.

Você não precisa mudar tudo de uma vez, tá bem? Mas é importante ir deixando o bebê pegar no sono sozinho. Por exemplo: quando estiver mamando e perto de pegar no sono, coloque o bebê na cama e deixe ele pegar no sono sozinho.

Cantarolar, balançar, ninar… tudo isso é ótimo e você não precisa deixar de fazer nada, só não transforme isso em uma dependência para o sono do bebê.

Lidando com o choro: o que fazer?

Baba eletrônica

Uma das coisas que mais corta o coração das mamães é deixar o bebê chorando. Especialmente porque no início ficamos conferindo o soninho deles toda hora.

Você não precisa deixar seu pequeno chorando, até porque isso causa mais irritação nele. Mas definitivamente não deve ficar toda hora pegando o bebê, acordando ele e não dando muito espaço para ele ir se adaptando, ok?

Nós sabemos, não é algo fácil, mas é necessário. Que tal ter uma babá eletrônica e poder ver quando ele chora, se está acordado, se está na posição correta e tudo mais? Assim você sabe melhor quando agir rápido e quando não. Não deixe de aparecer, a presença conforta o bebê, mas não seja coruja demais.

Esse caminho do meio não é fácil, mas você vai acabar conhecendo cada vez mais os diferentes tipos de barulhos, de choros. Chorar é o que o bebê sabe fazer cada vez que precisar de algo.

Não apareça no mesmo segundo do choro, mas jamais ignore o choro do pequeno. Tenha sempre uma bolsa maternidade preparada no quarto para limpar e acalentar o bebê.

Tente aproveitar o despertar ainda sonolento para já ir embalando o próximo cochilo. Coloque o bebê na cama bem cedo, você dorme mais e aproveita mais o seu amorzinho durante o dia, isso vai ser ótimo para os dois!

Fica tranquila: essa fase passa, outras vêm, e com a Vilma Mirian você curte todas elas sempre bem equipada com bolsas maternidade e também muita informação do nosso blog e do nosso Instagram. Fazemos tudo com muito carinho para as mamães e os bebês do Brasil todo!

Deixe um comentário