Desmame – guia completo para as mamães de primeira viagem!

mãe extraindo leite materno

Eis que é chegado o momento de conversarmos sobre este tema que ronda os pensamentos de 9 a cada 10 famílias quando o assunto é desenvolvimento do bebê: o desmame e o caminho a ser percorrido até chegarmos lá.

Não raramente mamães de primeira viagem apresentam muitas dúvidas, buscando consultórios pediátricos e blogs do assunto com um bloquinho de notas em mãos e foi pensando nelas que preparamos um guia completo com perguntas – e repostas, colocando todos os pontos nos is sobre desmame gentil.

E não se preocupe, nós da Vilma Mirian entendemos que inseguranças podem vir a tona, como o receio da perda do vínculo afetivo materno com o seu baby e até mesmo com os riscos de desnutrição pela ausência do leite materno, mas acredite, todo esse processo pode – e será prazeroso para todos os envolvidos!

Vamos descobrir mais sobre o assunto?

Chegou a hora: descubra os sinais!

mae com criança no colo

Começamos o guia citando um dos momentos mais importantes antes do desmame, que é quando você – e a família, percebem os sinais infantis de que é chegada a hora.

Acredite, os indícios são tênues, mas de uma beleza sem limites, e para percebê-los, como tudo envolvido na maternidade há de se ter atenção, e sobre esta percepção nós podemos ajudar.

Você pode perguntar: existe a hora certa? E aqui no Blog nós responderemos que dependerá de fatores como o estilo de vida familiar além das necessidades maternas e da criança, logo, não há dia ou hora precisos para que o desmame aconteça, mas recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde apontam para dados importantes.

Até os 6 meses, o leite materno é fonte completa para a nutrição dos pequenos, não sendo necessário o consumo de nenhum outro alimento complementar, mas ao fim deste ciclo, a criança passa a apresentar sinais preciosos de que deseja a introdução alimentar de sucos, papas e outros.

E vamos imaginar, o momento que novas comidinhas são descobertas, junto da possibilidade de engatinhar e conhecer mais sobre o mundo, deve ser emocionante para eles, então olhos nas reações da criança e não se assuste com a perda de interesse gradativo pelo leite materno: é um processo natural.

É chegada a hora de começarmos este bonito processo!

Mas afinal, como fazer o desmame?

A resposta para essa pergunta segue a linha de pensamento que percorre todo o Universo da maternidade – que apesar de estar repleto de mitos muitas vezes questionados aqui no Blog, através de mudanças gradativas trazem desenvolvimento para bebês e famílias.

O segredo é garantir que todos os envolvidos tenham suas necessidades respeitadas e, de maneira prazerosa, substituir uma mamada por um alimento, copo ou mamadeira, a depender da idade da criança, e à medida que o pequeno for se habituando, introduzir novas opções à rotina alimentar, assim como aumentar aos poucos o número de substituições realizadas.

É natural que com o estômago cheio, a criança passe a buscar menos pelo peito materno e busque pela mamadeira ou copinho como processo de adaptação plena e saudável.

Pensando neste processo, a Vilma Mirian desenvolve a linha de bolsa maternidade térmica que auxilia na hora de armazenar alimentos. Cuidados com higiene e manutenção na hora de manter leite, frutas e papinhas em segurança é fundamental para a saúde do seu baby.

Garanta um desmame gentil e seguro ao seu pequeno. E se quiser conhecer 5 dicas infalíveis de armazenamento de leite materno, nós também preparamos um blog post especial para você!

É natural a rejeição ao peito?

imagem mãe amamentando

Eis um dos tópicos que mais assustam mamães de primeira viagem nos últimos tempos e, para isso, a Vilma Mirian preparou uma resposta que é praticamente um abraço para curar angústias.

Atualmente a vida da mulher moderna passa longe de ser o sonho romântico da mãe que se vê distante das rotinas em grandes cidades ou mesmo fora de trabalhos que exijam maior dedicação a ritmos acelerados. Aqui você não está só, e saiba, estas características influenciam na relação do seu bebê com o desmame.

Se você voltou ao trabalho e sentiu alguma recusa com o peito, não se assunte com a reação, afinal, essa é uma das formas que seu baby tem para expressar que sentiu sua falta. Ter um pouquinho de paciência e contar com uma rede de apoio familiar auxilia – e muito, neste processo.

Outro super trunfo é buscar os ambientes que a criança gosta de estar logo após a sua volta para casa, contribuindo para o aumento dos laços entre vocês dois. Caso o bebê siga recusando o leite, talvez seja o momento de desmamar totalmente.

O que acontece com o corpo depois do desmame?

imagem de mamadeira e papinha para bebe

Muitas mamães de primeira viagem nos perguntam também sobre os sinais que o processo ocasiona no corpo feminino, preocupação completamente compreensível e que hoje nós viemos responder.

Se o desmame acontece de forma abrupta e pouco respeitosa, a mãe pode sim sentir dores nas mamas e a sensação de seios ainda cheios. Mas, se ocorre de forma gradual, a redução da quantidade de leite se dá de maneira natural, não causando dor ou maiores pressões físicas.

Uma dica importante é, ao retirar leite das mamas para armazenamento ao longo do desmame, não retirar todo o produzido, isto porque a intenção é não estimular mais o seu corpo para a produção, e sim avisar seu organismo que um importante fechamento de ciclo chegou.

Indicamos então a deliciosa sensação que compressas frias podem causar aos seios nessa fase, relembrando as mamães sobre os hábitos de amor ao próprio corpo que aos poucos vamos aprendendo a ter!

Não hesite em procurar auxílio do seu médico de confiança se demais dúvidas surgirem, tudo bem? E fique sempre por dentro dos conteúdos preparados aqui no blog especialmente para você, seu bebê e toda a família.

Curiosa em conhecer mais sobre a importância da amamentação? Preparamos um guia completo para as mamães que desejam mais informações sobre este período cercado de tanto amor e inquietações.

Deixe um comentário