Veja 5 dicas infalíveis de como armazenar leite materno!

Falar sobre amamentação é sempre uma tarefa muito prazerosa, esse é um dos assuntos que mais envolvem o mundo da Vilma Mirian, afinal, estamos com você desde o início dessa jornada. Por isso, hoje vamos esclarecer dúvidas sobre um tema muito importante: como armazenar o leite materno. 

Mães que precisam trabalhar e querem continuar amamentando com leite materno ou que buscam por alternativas que permitam sua ausência na rotina do bebê por algumas horas, sabem que armazenar o leite corretamente é a única forma de assegurar a refeição do bebê.

Para te auxiliar nesse período, separamos algumas dicas super práticas, que podem te ajudar a não cometer alguns erros básicos e evitar dores de cabeças. Vamos lá? Acompanhe nosso post!

Extraia do leite materno da forma correta 

Você pode optar pela extração manual ou realizá-la através de um extrator ou bombinha específica. Porém, de qualquer forma, lembre-se de que a higiene é essencial nesse momento. Antes de começar, lave bem as mãos e, se possível, utilize álcool em gel.

Também não se esqueça de lavar os recipientes que irá utilizar e esterilizá-los, para garantir que realmente estejam prontos para receber o leite. Para muitas mamães é fácil extrair o leite de forma manual, nesses casos, é o armazenamento que exige maior atenção.

Nesse momento, dicas valiosas são bem vindas para garantir um alimento saudável ao bebê. Acompanhe:

  • Utilize apenas recipientes devidamente vedados 

Mamães que utilizam bombinhas costumam possuir a vantagem de poder utilizar os recipientes para congelamento que já acompanham as bombas. Porém, quem faz a extração de forma manual precisa usar recipientes apropriados.

Não use sacos plásticos, nem recipientes de uso doméstico geral. Normalmente esses itens oferecem riscos de contaminação, e, no caso dos sacos plásticos, eles podem se romper durante o armazenamento ou ainda acumular dejetos.

É mais apropriado utilizar bolsinhas próprias, que podem ser encontradas em mercados. Você também pode optar por usar mamadeiras comuns e outros recipientes de vidro, desde que eles contenham fechamento hermético sejam devidamente esterilizados.

Entenda o tempo certo de armazenamento

É possível manter o leite em temperatura ambiente por até duas horas. Porém, o mais recomendado é que ele seja guardado na geladeira assim que possível. Afinal, esse tempo pode variar de acordo com as condições climáticas. Certo?

Quanto mais tempo o leite for deixado fora da geladeira, maior é a chance de sofrer com a proliferação de microorganismos que podem contaminá-lo. Lembre-se disso também no momento de descongelar, o consumo deve ser quase imediato.

Caso você precise manter o leite por algum tempinho ou levá-lo a algum lugar, você pode optar por frasqueiras térmicas. Elas são perfeitas para o dia a dia, pois são desenvolvidas especialmente para resolver essas situações.

Na geladeira, seu leite poderá ficar armazenado por, no máximo, doze horas. Caso você precise de um prazo maior de armazenamento, congele-o. Além disso, lembre-se de nunca guardar leite materno na porta da geladeira!

Essa parte do eletrodoméstico possui uma temperatura extremamente variável, o que pode prejudicar a preservação do leite. Para que o leite não seja desperdiçado, o ideal é guardar pequenas quantidade de cada vez, assim ele pode ir sendo consumido rapidamente, de acordo com a necessidade.

No congelador, com uma temperatura de no mínimo 10 graus negativos, seu leite pode ser armazenado por até 15 dias, de acordo com a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano. Apesar do prazo ser longo, evite guardá-lo por tanto tempo: o ideal é colocar data nos recipientes e sempre optar pelo consumo do mais antigo.

Não encha os recipientes até a borda

Mamães que possuem bastante leite tendem a ter aquele impulso de armazenar o máximo possível. Isso é compreensível, porém, existe um detalhe importante que deve ser levado em conta nesse momento: quando congelado, o leite materno expande – por isso é necessário deixar uma borda de espaço no recipiente.

Além disso, ele irá criar uma espécie de camada de espuma. Mesmo que cada mãe produza um leite com aspeto único, ele normalmente se separa com a parte superior espessa e a parte inferior mais aquosa.

Não descongele o leite no micro-ondas 

Descongelar o leite diretamente no micro-ondas ou fervê-lo fará com que ele sofra uma grande perda de nutrientes e vitaminas. Essa não é a nossa intenção, certo? Devemos sempre optar pela alternativa mais saudável.

Para isso, deixe o recipiente submerso em água morna por algum tempo. Também é possível aquecê-lo deixando sob água morna por alguns momentos. Quando o leite descongelar, agite um pouco antes de amamentar.

Não reutilize leite descongelado 

Uma vez que o leite foi descongelado, não o coloque de volta no congelador. Todo o leite que não foi ingerido pelo bebê deve ir para o lixo, descarte-o sem medo. Faço isso, de preferência, logo após descongelar.

Por isso, nossa dica sobre congelar pequenas quantidades deve ser levada em consideração. Essa é a melhor forma de garantir que iremos armazenar apenas o que será realmente usado.

E então, gostou da dica? Então, continue acompanhando nosso blog. Por aqui, estamos sempre trazendo dicas, novidades e sugestões sobre o universo da maternidade. Afinal, estamos com você do início ao fim desse processo, ajudando a tornar a experiência mais simples e prática.

Nos vemos no próximo post!

Deixe um comentário